A Censura em Cena e os Pequenos Burgueses


Apresentação


O Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura da USP – OBCOM-USP – desenvolveu, entre 2015 e 2017, o Projeto Censura em Cena, com a Leitura Dramática de 14 peças censuradas pelo Serviço de Censura do Departamento de Diversões Públicas do Estado de São Paulo, pertencentes ao Arquivo Miroel Silveira, sob guarda da Biblioteca da ECA-USP. Essas Leituras foram seguidas de debates sobre as razões da censura e sobre a interpretação desses textos passados cinco décadas. O resultado foi a publicação de um livro, pelo Instituto Palavra Aberta, intitulado Leituras e Releituras, organizado por Cristina Costa (Coordenadora do OBCOM-USP), em que sete peças foram analisadas por especialistas, abordando temas recorrentes da censura como a subversão, a amoralidade e o racismo. Para o lançamento dessa obra que coroa nosso projeto, estamos organizando um evento com outra Leitura Dramática – da peça Pequenos Burgueses, de Máximo Gorki, sob direção de Roberto Ascar, no Teatro da Universidade de São Paulo – TUSP, à Rua Maria Antônia, no dia 06 de dezembro, às 19:30h.
A escolha dessa peça diz respeito à intenção do OBCOM-USP de continuar com a Leituras Dramáticas de peças censuradas e também das liberadas, não só no Brasil, mas em outros países, e mostrar que os temas que elas abordam estão mais atuais do que nunca. Por outro lado, estaremos analisando os cem anos passados da Revolução Russa de 1917, da qual a referida peça dá testemunho. Contamos com sua presença que abrilhantará a discussão sobre esse texto, com a participação de Renata Pallottini. Após o debate, faremos distribuição da obra Leituras e Releituras entre os presentes. Abaixo, uma sinopse da peça. Como nas demais atividades do OBCOM-USP, a entrada é gratuita. Contamos com sua presença abrilhantando nosso espetáculo!


Sobre o Texto e autor:


PEQUENOS BURGUESES foi a primeira peça teatral de Maxim Gorki (1868 - 1936), pseudônimo de Aleksiéi Maksímovitch Pieshkóv. Foi escrita em 1901, quando Gorki já era um escritor famoso, consagrado como ficcionista. A peça recebeu primeiramente o título de "Cenas em Casa dos Bessemenov - Esboço Dramático", sendo editada em 1902 com o título atual. A censura fez diversos cortes na obra, e mesmo assim sua montagem alarmou as autoridades e a estréia se realizou sob forte vigilância policial, em São Petersburgo, em março de 1902. Foi proibida para teatros populares e para traduções para outros idiomas. Na cidade de Bielostok, sua exibição foi acompanhada de distúrbios que resultaram em um morto e diversos feridos. A peça mostra a decadência do capitalismo na Russia do início do século XX, a descrença do povo russo sob o jugo do Czar. Aborda a luta de classes, o conflito de gerações, a impotência diante da vida trágica e penosa. As personagens são figuras sociais representativas da vida russa da época, como o burguês decadente, a esposa complacente, os jovens em conflito existencial, a depressão que leva ao alcoolismo e à desesperança, o niilismo em contraponto à crença em uma mudança radical que logo se instalará e mudará a sorte do povo, para derrubar o que era mesquinho e sufocante e afirmar o direito à vida e à alegria. Gorki canta o amor, mas também mostra a necessidade do ódio. Para Gorki, nada pode haver de mais contrário à dignidade humana que a aceitação passiva do sofrimento ou a sua glorificação.

Programação

2017-12-06 19:30:00 Leitura encenada da peça Pequenos Burgueses, de Máximo Górki, com atores especialmente convidados e direção de Roberto Ascar. 
2017-12-06 22:00:00
Lançamento do livro Leituras e Releituras 

Fotos

Localização


Local: Teatro da Universidade de São Paulo – TUSP
Endereço: R. Maria Antônia, 294 - Vila Buarque, São Paulo

Contato


Obcom


Eventos Anteriores